ABUSO E EXPLORAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES É TEMA DE DEBATE NA CÂMARA DE NOVA SERRANA

37

A Câmara Municipal de Nova Serrana promoveu nessa quarta-feira (19), em parceria com a Polícia Civil, uma tarde de debates voltada para o tema: “Combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes”.

Os vereadores receberam no plenário representantes de órgãos e instituições que lidam diretamente com essa questão social.

Delegada Regional da Polícia Civil, a Dra. Angelita Viviane Soares apresentou dados sobre o trabalho da corporação em Nova Serrana no enfrentamento aos casos de abuso e exploração infanto-juvenil.

O presidente do Conselho Tutelar, Evanilson Costa e a Conselheira Marilene Coimbra falaram sobre o ECA, o Estatuto da Criança e do Adolescente, e também mostraram dados sobre o trabalho que os conselheiros desenvolvem em Nova Serrana.

A coordenadora do CREAS, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Karollina Camila, abordou sobre como os órgãos de assistência social trabalham para auxiliar as vítimas de abuso, assim como seus familiares. Um alerta também foi deixado para que haja sempre atenção a todos os sinais e modificações de comportamento que possam identificar que crianças e adolescentes estão sofrendo violações.

A jornalista Lilian Camargo falou sobre o papel da imprensa para ajudar a mobilizar a comunidade a também lutar para combater os abusos contra crianças e adolescentes.

Os vereadores participaram de um amplo debate com os presentes, incluindo os educadores que convivem muito próximos das crianças e que conseguem perceber, auxiliar e orientar em situações que necessitarem de intervenções.

Participaram também do evento o Secretário  Municipal de Desenvolvimento Social, Gustavo Amaral;  o Comandante Souza, chefe da Guarda Municipal; a delegada de Polícia Civil,  Karina Tassara; a ex- vereadora Terezinha do Salão; e servidores.

A Câmara Municipal seguiu todos os protocolos de segurança contra o novo coronavírus, como o uso de álcool em gel e o distanciamento entre os presentes.

Texto e Foto: CMNS / Divulgação