ADVOGADO DETIDO POR GUARDA CIVIL MUNICIPAL GERA POLÊMICA EM NOVA SERRANA

180

Um advogado foi detido por um Guarda Civil Municipal (GCM), na última quarta-feira (14), no Terminal Rodoviário de Nova Serrana. A ação gerou polêmica na cidade. O Jornal Serranense entrou em contato com o advogado Edmar Fernandes da Silva, de 30 anos. Ele disse que no dia do ocorrido estava em pleno exercício da profissão, que foi agredido e preso (ouça o áudio a seguir).

Em nota, a Polícia Civil (PC) informou que, no início da manhã da última quarta-feira (14), dois homens foram conduzidos pela GCM de Nova Serrana, sendo um deles advogado, depois de serem abordados no Terminal Rodoviário da cidade. Conforme o boletim de ocorrência da GCM, o homem de 25 anos foi conduzido em flagrante pelo transporte clandestino de passageiros, enquanto o segundo, de 30 anos, que seria advogado do primeiro, foi conduzido pelos crimes de desacato, desobediência, resistência e ameaça. Ainda de acordo com a nota, todos os envolvidos foram ouvidos e liberados. A PC esclareceu que instaurou procedimento para apuração dos fatos.

O presidente da Subseção da OAB em Nova Serrana, Johnathan Vitor, disse que o advogado Edmar Fernandes da Silva não cometeu nenhum delito (ouça o áudio a seguir).

Por meio de nota, a Prefeitura de Nova Serrana esclareceu que foi instaurada nesta quinta-feira (15) uma sindicância, a fim de apurar os fatos ocorridos na manhã da última quarta-feira (14), no Terminal Rodoviário de Nova Serrana, envolvendo um agente da Guarda Civil Municipal (GCM), um acusado de aliciamento para o transporte irregular de passageiros e um advogado. 

O servidor municipal envolvido foi afastado de suas funções externas até a apuração dos fatos.

Foto: Ilustrativa