MINAS GERAIS AMPLIA IMUNIZAÇÃO DE GRÁVIDAS E LACTANTES

26

A partir das próximas remessas de doses contra a covid-19, mineiras grávidas, puérperas e lactantes, mesmo sem apresentarem comorbidades, estarão incluídas entre os públicos prioritários para serem imunizadas. A vacinação deste público foi debatida em reunião do Centro de Operações de Emergências em Saúde (Coes), que contou com representantes da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), da coordenação de Saúde Materno Infantil da Secretaria, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG).

A inclusão de grávidas, puérperas e lactantes que não possuem algum tipo de acometimento na saúde entre os próximos grupos prioritários foi aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

Os imunizantes utilizados para este grupo não devem conter vetor viral por medida de segurança. Desta forma, segundo o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, assim que novas remessas da Pfizer e da CoronaVac forem destinadas ao estado, estas mulheres poderão ser imunizadas.

Texto: Agência Minas

Foto: Ilustrativa / Internet