NOTÍCIA SOBRE DESVIO DE DINHEIRO DO CTI-COVID DO HOSPITAL SÃO JOSÉ É FAKE NEWS

105

Circula nas redes sociais a informação de que a Polícia Federal (PF) esteve no Hospital São José, na ultima sexta-feira (29), para averiguar a suposta denúncia sobre o uso de leitos fantasmas da Covid-19 e o mau uso dos recursos federais repassados para a unidade hospitalar, em Nova Serrana.

A PF, em Divinópolis, informou que não há nenhuma ocorrência sobre o suposto desvio de dinheiro público.

Em contato com o diretor do Hospital São José, Henrique Andrade disse que “trata-se de uma fake news”.

Uma nota foi enviada pela unidade de saúde falando sobre o mau entendido.

NOTA OFICIAL HOSPITAL SÃO JOSÉ

Informamos que mediante as falsas alegações publicadas no último dia 02 de fevereiro de 2021, que alegava que na última sexta-feira 29 de janeiro de 2021 havia agentes da Polícia Federal no Hospital São José de Nova Serrana a espera de diretores e funcionários deste nosocômio para apuração de leitos fantasmas e que os mesmos não compareceram para trabalhar e não foram encontrados.

Perante tal alegação irresponsável nas redes sociais (fake News), declaramos que:

  • Em nenhum momento o Hospital São José de Nova Serrana foi procurado ou cientificado de tal fato, onde nesta data ( 29/01) os trabalhos da administração e funcionários do hospital transcorreram normalmente dentro da rotina;
  • Atualmente o Hospital São José de Nova Serrana é pactuado com o SUS com 17 leitos de CTI-Covid, 08 leitos de enfermaria clínica – Covid e 15 leitos clínicos de suporte ventilatório, totalizando 40 leitos no total direcionados ao SUS para enfrentamento a Pandemia do Covid-19.
  • Desde do início do nosso Cti Covid em 08 de junho de 2020 até a data de 31 de Janeiro de 2021, recebemos 180 pacientes pelo SUS, sendo 157 de nova serrana e 23 de cidades vizinhas.
  • Total de óbitos : 61
  • Total de Recuperados: 119
    Todos os leitos encontram-se disponibilizados e regulados via Central de Regulação estadual, através do sistema Sus-Fácil.
    Neste momento encontra-se 10 pacientes internados no setor de CTI-Covid e 09 na Enfermaria Covid.
    Mediante os fatos acima comunicamos também que estão sendo tomadas todas as medidas judiciais cíveis e criminais perante as falsas alegações.