PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DE MINAS ANUNCIAM GREVE SANITÁRIA POR TEMPO INDETERMINADO

67

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) anunciou, nessa quarta-feira (28), mais uma Greve Sanitária por tempo indeterminado a partir do dia 2 de agosto. A paralisação vai ocorrer em cidades em que houver convocação presencial. 

De acordo com a coordenadora-geral do Sind-UTE, professora Denise Romano, a decisão de uma nova greve ocorre porque a Rede Estadual de Educação de Minas não apresenta segurança sanitária nas escolas para um retorno presencial. Ela ressaltou que o processo de vacinação no Estado não garantiu a imunização completa com a segunda dose na categoria e as crianças e adolescentes sequer têm um cronograma de vacinação. 

O Sindicato destacou que nas regiões onde houver a modalidade do ensino remoto o serviço continuará a ser prestado aos estudantes. 

A primeira Greve Sanitária anunciada pelo Sind-UTE ocorreu entre os dias 12 e 17 de julho e atingiu tanto as atividades presenciais quanto o ensino remoto.

Em nota, o Governo de Minas informou que a Secretaria de Estado de Educação vai acompanhar a adesão ao movimento nas escolas estaduais, mas reiterou que o processo de retomada das atividades presenciais segue planejado com todo cuidado e segurança, com o fim do recesso escolar, no próximo dia 3 de agosto.

Texto: Rádio Itatiaia

Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG